Bem vindos a Paraty

Vamos aproveitar esta oportunidade para simular uma visita a Paraty. Aqui estão algumas praias e ilhas de nossa baía por onde fazemos ótimos passeios. Veja as maravilhas que temos para desfrutar aqui, sem contar nas dezenas de cachoeiras e o Centro Histórico com casarões antigos e suas ruas cobertas de pedras desde a época dos escravos.
Agora não perca mais tempo e faça uma reserva em Paraty, temos as melhores opções de hospedagens para você.


Nascer do Sol

Nascer do Sol

Lagoa azul

Lagoa azul
Lagoa azul

Ilha do Mantimento

Ilha do Mantimento
Ilha do Mantimento

Cumprida Norte

Cumprida Norte
Cumprida Norte

Ilha Cumprida

RPM

RPM

Ilha da Pescaria

Ilha da Pescaria
Ilha da Pescaria

Salvador Moreira (área de nudismo)

Praia da Lula

Praia da Lula
Praia da Lula

Cachoeira do Tobogã

Cachoeira do Tobogã
Cachoeira do Tobogã

Cachoeira da Pedra Branca

Cachoeira da Pedra Branca
Cachoeira da Pedra Branca

Passeios Noturnos

Passeios Noturnos
Passeios Noturnos

Ilha da Cotia

Ilha da Cotia
Ilha da Cotia

Praia do Rosa

Praia do Rosa
Praia do Rosa

Ilha da Sapeca

Ilha da Sapeca
Ilha da Sapeca

sábado, 18 de setembro de 2010

Lady Gaga Wikipédia, a enciclopédia livre.

Lady Gaga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lady Gaga logo.png

Lady Gaga no International Consumer Electronics Show 2010, em Las Vegas, Nevada
Informação geral
Nome completo Stefani Joanne Angelina Germanotta[1]
Data de nascimento 28 de março de 1986 (24 anos)
Origem Nova Iorque, Nova Iorque
País  Estados Unidos
Gêneros Pop, eletrônica, dance
Ocupação Cantora, compositora, produtora, designer de moda
Instrumentos Vocal, piano, sintetizador
Período em atividade 2006 – atualmente
Gravadora(s) Cherrytree Records, Interscope, Kon Live, Streamline, Universal
Afiliações Colby O'Donis, Akon, Beyoncé, Wale
Influência(s) Michael Jackson, Madonna, Cher, Cyndi Lauper, Freddie Mercury, David Bowie e Queen
Página oficial www.ladygaga.com
Lady Gaga, nome artístico de Stefani Joanne Angelina Germanotta (Nova Iorque, 28 de março de 1986), é uma cantora e compositora de pop, dance e eletrônica dos Estados Unidos, a artista mais premiada da cerimônia do MTV Video Music Awards 2010, com oito estatuetas, acumulando 11 astronautas de prata, e vencedora de dois Grammy Awards em apenas dois anos de carreira. Depois de ter sido contratada e logo despedida da Def Jam Records aos 19 anos de idade, começou a se apresentar no cenário musical de rock no sudeste da cidade de Nova Iorque. Durante este período, trabalhava para a gravadora Interscope Records como compositora para artistas conhecidos, incluindo Akon, que, depois de ouvir Gaga cantar, convenceu o presidente da Interscope Jimmy Iovine a contratá-la para um acordo musical entre a gravadora e a de Akon, a Kon Live.
Lançado em 19 de agosto de 2008, seu álbum de estreia, The Fame, alcançou o número um no Reino Unido, Canadá, Áustria, Alemanha e Irlanda, e alcançou o top-ten mundial em vários países; nos Estados Unidos, atingiu o número dois na Billboard 200. Os dois primeiros singles, "Just Dance" e "Poker Face", co-escrito e co-produzido com RedOne, se tornaram grandes sucessos internacionais, no topo da Billboard Hot 100 nos Estados Unidos. O álbum ganhou mais tarde um total de seis indicações aos Grammy Awards e ganhou prêmios de Melhor Albúm de Eletrônica/Dança. No início de 2009, ela embarcou em sua primeira turnê, The Fame Ball Tour. No quarto trimestre do ano, ela havia lançado seu segundo álbum de estúdio The Fame Monster, com os singles de "Bad Romance", "Telephone", "Alejandro" e "Dance in the Dark" e embarcou em sua segunda turnê do ano, The Monster Ball Tour.
Musicalmente, Gaga é inspirada por cantores e grupos de glam rock como David Bowie e Queen, e por cantores de pop dos anos 1980 como Cher, Cyndi Lauper, Freddie Mercury, Madonna e Michael Jackson.[2] Ela também é inspirada por moda, o que ela diz ser essencial para suas composições e apresentações, e apoia a comunidade gay ao creditá-los por seu sucesso inicial.

Índice

[esconder]

Biografia

1986-2004: Infância e adolescência

Stefani Joanne Angelina Germanotta (Lady Gaga) nasceu em 28 de março de 1986,[3] na cidade de Nova Iorque, mais precisamente na ilha de Manhattan, filha mais velha do casal ítalo-americano Joseph e Cynthia Germanotta.[4][5] Com 11 anos de idade, Gaga foi mandada para a Juilliard School em Manhattan,[6] mas ao invés disto foi para o Convent of the Sacred Heart, uma escola católica privada.[7] Aprendeu a tocar piano aos 4 anos de idade, sendo que compôs sua primeira balada aos 13 e mais tarde já fazia apresentações.[8] Aos 17 anos de idade ganhou admissão na escola de artes da Universidade de Nova Iorque Tisch. Lá, ela estudou música e aperfeiçoou sua habilidades de compor ao escrever dissertações e artigos analíticos focando em assuntos como arte, religião, e organização sócio-política.[9][10] Gaga se retirou da escola depois para focar-se em sua carreira musical.[11]

2005-2007: Início da carreira musical

Gaga se apresentando em um restaurante, durante o início de sua carreira.
Gaga assinou um contrato com a Def Jam aos 19 anos de idade, depois do produtor musical L. A. Reid ouvi-la cantar abaixo da entrada de seu escritório. Entretanto, ela diz que Reid jamais a conheceu, e depois de três meses, ela foi despedida da gravadora.[12] Ela retornou para a casa de seus pais e começou a fazer apresentações no centro musical do sudeste de Nova Iorque, acompanhada dos grupos Mackin Pulsifer e SGBand.[13] Naquele período, começou a usar drogas e apresentar-se em clubes burlesque; Gaga disse que seu pai "apenas não entendia" aquilo, e que não conseguia olhar para ela durante alguns meses.[7][14] O produtor musical Rob Fusari, quem ajudou Gaga a compor uma de suas primeiras canções, comparou seu estilo vocálico com o de Freddie Mercury. Ele apelidou-a de Gaga por causa da canção "Radio Ga Ga", do grupo de rock Queen. Ela começou a usar este apelido como seu nome artístico e a partir daí ficou conhecida como Lady Gaga.[14]
A partir de 2007, Gaga passou a trabalhar com Lady Starlight, quem ajudou-a a criar seus figurinos a serem usados em apresentações.[15] A dupla começou a cantar em clubes de avenidas como o Mercury Lounge, The Bitter End, e no Rockwood Music Hall,[16] sendo que as apresentações das duas passou a ser chamada de "Lady Gaga and the Starlight Revue".[17] Em agosto de 2007, Gaga e Starlight foram convidadas para cantarem no festival de música Lollapalooza.[18] A apresentação foi aclamada e recebeu muitas críticas positivas.[8][16] Tendo inicialmente focado em avant-garde, e música dançante e eletrônica, Gaga encontrou seu estilo musical ao acrescentar melodias de Pop e as da era do Glam rock.[19]
Durante este período, ela passou a compor para artistas contratados da gravadora de Akon, assim como Fergie, Pussycat Dolls, Britney Spears, e New Kids on the Block.[7] Depois de ouvi-la cantar em uma referência vocal para uma de suas faixas, Akon concluiu que ela também era uma boa cantora.[20] Ele finalmente convenceu o presidente da Interscope Records, Jimmy Iovine para contratá-la e fazer um acordo com sua própria gravadora, a Kon Live Distribution,[12] chamando mais tarde Gaga de sua "artista privilegiada".[21] Entre a afiliação com Akon, Gaga começou a trabalhar no seu próprio material para o seu álbum de estreia com o produtor RedOne. Tendo inspirações do glam rock de David Bowie e canções de Queen, quis misturar suas batidas eletrônicas e retrospectivas com um refrão de pop e ainda manter um pouco de rock and roll. A primeira canção que eles produziram juntos foi "Boys Boys Boys".[22]

2008-2009: The Fame e The Fame Ball Tour

Em 2008, Gaga mudou-se para Los Angeles, e passou a trabalhar em proximidade com sua gravadora para finalizar seu álbum de estreia The Fame. Gaga disse que combinou vários gêneros diferentes no álbum, "dos tambores e bate-palmas de Def Leppard até tambores de metal em canções urbanas". Começou a trabalhar com uma coletiva chamada "Haus of Gaga", que colabora com ela em suas apresentações em sons e figurino. The Fame recebeu em sua maioria, críticas positivas; de acordo com o grupo de crítica musical Metracritic, o álbum recebeu uma pontuação de 71/100. The Fame atingiu o número um em países como Áustria, Reino Unido, Canadá, e Irlanda, e número quatro na Austrália e Estados Unidos. Em julho de 2009 as vendas mundias do álbum foram contabilizadas em 3 milhões de cópias. O primeiro single do álbum, "Just Dance", foi lançado em 8 de abril de 2008, e foi número um em sete países – Austrália, Brasil, Canadá, Holanda, Irlanda, Reino Unido, e Estados Unidos. Este recebeu uma indicação ao Grammy na categoria "Melhor Canção Dançante", mas perdeu para "Harder, Better, Faster, Stronger", de Daft Punk. O segundo single, "Poker Face", foi lançado em 3 de setembro de 2008, e assim como seu antecessor atingiu o número um, em quase vinte países se tornando assim a música mais tocada do ano.
Gaga em apresentação na New Kids on the Block: Live.
Mais tarde, a "Haus of Gaga" focou-se em colocar a cantora em sua primeira turnê que participaria, e junto com o grupo New Kids on the Block embarcou com eles na turnê New Kids on the Block: Live, abrindo as apresentações de 8 de outubro do mesmo ano até o final de novembro. A primeira turnê oficial da cantora, a The Fame Ball Tour, começou em 12 de março de 2009 e foi muito elogiada pela crítica. Em maio, Gaga abriu apresentações da turnê das Pussycat Dolls na Austrália. Ao mesmo tempo, o videoclipe para o seu terceiro single internacional, "LoveGame", foi banido de vários canais, que recusaram-se a exibir o vídeo afirmando que o mesmo continha imagens de sexualidade explícita.

2009 - presente: The Fame Monster e The Monster Ball Tour

Gaga apareceu semi-nua, vestindo somente bolhas de plástico, e com isso ganhou ainda mais fama na capa anual da edição "Hot 100" da revista Rolling Stone em maio de 2009. No artigo destacado, ela falou sobre que enquanto sua carreira começava em Nova Iorque, ela mantinha uma relação amorosa com um baterista de heavy metal, falando também sobre o relacionamento e o fim do mesmo, dizendo "eu era a Sandy dele, e ele era o meu Danny [de Nos Tempos da Brilhantina], e eu apenas terminei tudo." Mais tarde ele se tornou uma das inspirações atrás do álbum de estreia de Gaga, The Fame. Ela assumiu ser bissexual e que é inspirada por lindas mulheres, o que ela afirma deixar seus namorados "desconfortáveis." Sobre sua orientação sexual, Gaga afirmou não querer ser vista como alguém que quer usar a comunidade gay para ser atrativa. Antes desta entrevista ela disse à uma multidão em um dos seus concertos que a sua canção "Poker Face" fala em suas letras sobre fantasiar com uma mulher enquanto estar na cama com um homem. Gaga também apareceu no single do rapper Wale, "Chillin".
Gaga foi indicada com um total de nove prêmios no MTV Video Music Awards de 2009,recorde para um artista no seu primeiro, incluindo "Vídeo do Ano", "Artista Revelação", "Melhor Vídeo Feminino" e "Melhor Vídeo de Pop" para "Poker Face" e "Melhor Direção", "Melhor Edição", "Melhores Efeitos Especiais", "Melhor Cinematografia" e "Melhor Direção de Arte" para "Paparazzi". Ela conseguiu ganhar o prêmio de "Artista Revelação" enquanto o seu single "Paparazzi" ganhou dois nas categorias "Melhor Direção de Arte" e "Melhores Efeitos Especiais". Em outubro, Gaga recebeu o prêmio da Billboard "Estrela em Ascensão de 2009".Mais tarde apareceu no programa noturno Saturday Night Live, em um ensaio cômico com Madonna e uma apresentação de um trecho de seu single "Bad Romance",que ainda não tinha sido lançado como single, do álbum relançamento do "The Fame" chamado "The Fame Monster", assim como trechos dos singles "LoveGame" e "Poker Face" além de uma apresentação do single "Paparazzi". Além de todos esses prêmios, ela ganhou o de "Artista Revelação" também no EMA, a premiação da MTV Europeia.
Gaga discursando durante a Marcha Nacional pela Igualdade, realizada em Washington DC em 11 de outubro de 2009, em apoio aos homossexuais.
Em Setembro de 2009, um pouco após o VMA, Gaga anunciou parceria com o rapper "Kanye West", em uma turnê denominada "Fame Kills: Starring Lady Gaga and Kanye West", porém, algumas semanas depois, a própria cantora informou que a turnê teria sido cancelada devido ao afastamento de Kanye West da mídia devido ao acorrido na premiação do VMA que envolvia o rapper e a cantora "Taylor Swift", assunto que causou bastante polêmica, e devido as suas ideias completamente diferentes das de Gaga para o show, no entanto, a cantora informou ia sair em nova turnê solo ainda este ano.
Em Outubro de 2009 foi lançado os fones de ouvido HeartBeats desenvolvidos por Lady GaGa e Dr. Dre.
Em Outubro de 2009 foi anunciada a segunda turnê da cantora, chamada "The Monster Ball Tour", que teria como base o novo trabalho musical, que seria um digno relançamento do "The Fame", intitulado "The Fame Monster", um ótimo trabalho,considerado pela crítica como um álbum totalmente independente do The Fame e de maior nível. A nova turnê irá passar pela América do Norte,Europa e pela Austrália, por enquanto. Gaga, em uma entrevista a um jornal carioca, afirmou que também passaria pelo "Brasil" com a "The Monster Ball Tour".
Em 14 de janeiro de 2010, Gaga teve que cancelar o concerto Monster Ball, em West Lafayette, Indiana, devido a preocupações com a saúde. Ela estava tendo dificuldade para respirar nas horas que antecederam ao show, e paramédicos declararam mais tarde que ela estava sofrendo de um batimento cardíaco irregular, como resultado da desidratação e exaustão. Em janeiro de 2010 é contratada como nova diretora artistica da Polaroid, famosa marca de camêras fotográficas, e ainda será responsável por uma linha específica de produtos Polaroid, que devem chegar as lojas ainda em 2010. No dia 31 de Janeiro de 2010 Lady Gaga faz um dueto com Elton John das músicas "Spechless" e "Your Song" na abertura do Grammys, contando com cinzas, explosões, poeira e um piando dupla face. Ela também foi indicada para Canção do Ano, Gravação do Ano e Melhor Gravação Dance de seu single "Poker Face", vencendo o último dos três. The Fame tinha sido nomeado para Álbum do Ano e Melhor Album Eletrônico / Dance Album, vencendo o último dos dois.
Em maio, em uma entrevista com The Times e a Larry King, Gaga deu a entender que tinha Lúpus eritematoso sistêmico, comumente referido como Lúpus, que é uma doença autoimune do tecido conjuntivo.[23] Em uma entrevista com Larry King, Gaga confirmou que ela não tem Lúpus mas os resultados foram incertos; ela não tem a doença mas pode ter no futuro.[24] Em agosto, recebe 13 indicações ao VMA 2010, batendo o recorde de maior número de indicações. [25] No mesmo mês é eleita a cantora do ano e astro do verão no Teen Choice Awards. [26] Em 12 de Setembro, durante o VMA, das 13 indicações que Gaga tinha recebido, ganhou 8, inclusive o de melhor clipe do ano com Bad Romance, além desses os outros foram: Melhor Clipe Feminino (Bad Romance), Melhor Clipe Pop (Bad Romance), Melhor Coreografia (Bad Romance), Melhor Colaboração (Telephone), Melhor Clipe Dance (Bad Romance), Melhor Edição (Bad Romance) e Melhor Direção (Bad Romance). Durante a entrega do troféu de melhor clipe do ano, Lady Gaga recebeu-o nas mãos da cantora Cher e do palco anunciou o nome do seu futuro álbum com estreia para 2011: Born This Way. [27]

Discografia

Ver página anexa: Discografia de Lady Gaga

Álbuns de estúdio

Compilações

EP

Turnês

Prêmios e indicações

Galeria

Referências

  1. Lady GaGa: The future of pop?. The Times. Página visitada em 29 de agosto de 2009.
  2. Lady Gaga: "Sempre irei me inspirar em Michael Jackson". Uol Vírgula. Página visitada em 22 de junho de 2010.
  3. "Chart Beat: Lady Gaga, Luis Fonsi, Taylor Swift, 'Purple Rain'". Billboard. Página visitada em 29 de Agosto de 2009.
  4. Chart Beat: Lady GaGa, Luis Fonsi, Taylor Swift, 'Purple Rain'. Billboard. Página visitada em 5 de outubro de 2009.
  5. Lady GaGa: ready for her close-up. Times Online. Página visitada em 5 de outubro de 2009.
  6. Lady Gaga: How the world went crazy for the new queen of pop. The Independent. Página visitada em 5 de outubro de 2009.
  7. a b c Lady GaGa: the future of pop?. Times Online. Página visitada em 5 de outubro de 2009.
  8. a b Biography of Lady GaGa. LadyGaga.com. Página visitada em 5 de outubro de 2009.
  9. LadyGaga
  10. Interview: Lady GaGa. ARTISTdirect. Página visitada em 5 de outubro de 2009.
  11. Lady GaGa Brings Her Artistic Vision Of Pop Music To New Album -- And A New Kids Song. MTV. Página visitada em 5 de outubro de 2009.
  12. a b allmusic ((( Lady Gaga > O,erview ))). Allmusic. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  13. Artist Spotlights: Lady GaGa. Riffin' . Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  14. a b Lady GaGa - Contactmusic.com.
  15. Contactmusic.com. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  16. 2009: Keep your ears open to this music. Blast Magazine. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  17. a b Lady GaGa: Some Like it Pop. Seattle Weekly. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  18. Just Who Is Lady GaGa?. Metro.co.uk. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  19. Lady GaGa. Broadcast Music Corporation. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  20. Why the world is going gaga for electro-pop diva Stefani. Daily Mail. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  21. Lady Gaga: Totally Ga-Ga. The Scotsman. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  22. Akon Calls Lady GaGa His 'Franchise Player'. MTV. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  23. Interview with co-writer and producer RedOne. HitQuarters. Página visitada em 6 de outubro de 2009.
  24. Come party with Lady Gaga (em inglês). Página visitada em 7 de junho de 2010.
  25. Gaga was to open Jackson's This Is It tour (em inglês). Página visitada em 7 de junho de 2010.
  26. Lady Gaga é recordista de indicações ao VMA (em português). Página visitada em 4 de agosto de 2010.
  27. Gaga, Bieber Win Big at Teen Choice Awards (em inglês). Página visitada em 9 de agosto de 2010 .                                                 fonte:                              http://pt.wikipedia.org/wiki/Lady_Gaga